Hey, psiu! Nossa página no facebook mudou, clique aqui para curtir a nova.

Fergie se apresenta no Rock in Rio 2017



No ultimo sábado, 16 de Setembro, Fergie se apresentou para mais de 100 MIL pessoas no Rock In Rio, com certeza seu maior publico solo de todos os tempos.

O show começou pouco depois das 22:30 e contou com novos figurinos, participações brasileiras especiais além de muita emoção da cantora e fãs, sendo considerado por muitos especialistas no assunto: O melhor show da noite. 

O styling desse show foi feito pela parceira e amiga de longa data da Fergie, B. Akerlund que veio pessoalmente supervisionar tudo. O dançarino Maho udo foi substituído (já que atualmente esta em turnê com Chris Brown) por James Marino, que já dançou com Jusin Timberlake, Missy Elliot, entre outros. 

Durante o show Fergie chorou no mínimo umas três vezes, sempre agradecendo o carinho do publico. 

O show infelizmente também foi marcado por vários problemas com o microfone e o retorno ao longo do show. Fergie tentou de tudo, chamou seus técnicos ao palco, trocou o microfone, mas sem nunca perder o bom humor ou deixar o show esfriar: ficou improvisando enquanto eles tentavam arrumar, mas uma hora disse “Fod*-se, vou fazer sem retorno mesmo”

Confira a setlist e um pouco do que aconteceu

HUNGRY: Cantada pela primeira vez, Fergie apareceu no palco atrás de um portal branco com DD em preto na frente. Para a entrada, Fergie usou um chapéu de arame com pequenos Swarovski e uma longa capa branca com homenagens ao Rio. As homenagens também estavam presentes nas roupas dos dançarinos.


Os elementos de palco mostrados e alguns outros ainda em confecção serão usados também nas próximas apresentações da sua turnê mundial.


FERGALICIOUS: Fergie despe a longa capa e revela um novo bodysuit de látex branco e botas (uma preta e uma branca) com a escrita “Double Dutchess”.




M.I.L.F. $

YOU ALREADY KNOW: Fergie apresentou a música dessa vez com uma coreografia incluindo movimentos no chão e um, pasme, espacate! Além  de contar também com uma cadeira na hora como elemento de palco. A cadeira deveria ser uma do estilo "diretor", mas por conta de um problema com o Rock in Rio...

JUST LIKE YOU: Como das outras vezes, Fergie exibiu um trecho do clipe de Just Like You. Porém no show brasileiro tivemos alguns takes novos. Você quer, @Lisboa? 

GLAMOROUS: Uma grata surpresa: para Glamorous, Fergie convidou Pabllo Vittar para cantar com ela. O público, lógico, foi a loucura, ainda mais com a próxima música.

NA SUA CARA: cantada rapidamente, mas o bastante para o Rock In Rio cantar em coro, Fergie dançou e sensualizou ao lado da drag queen brasileira Pabllo Vittar, que agradeceu pela oportunidade e rendeu longos elogios à Fergie na entrevista para o Multishow, logo após o show.


MAIS QUE NADA: Sergio Mendes e Gracinha subiram ao palco para cantar esse clássico brasileiro que conta com a participação de Fergie. As dançarinas usaram adereços de penas que imitavam araras, aves típicas brasileiras.

LOVE IS PAIN: Presente no vindouro Double Dutchess e já cantada nos shows que vem fazendo, Love Is Pain foi cantada apenas pelos fãs que estavam na grade.

NUTTIN: Também presente no Double Dutchess, o clipe de Like It Ain’t Nuttin, até então inédito, foi exibido pela primeira vez na íntegra. Nele Fergie usa 3 looks com 3 diferentes perucas (incluindo a preta curtinha que todos já conhecemos muito bem). As locações contam com um estacionamento, um clube aonde Fergie faz um show, uma boate subterrânea e até um local escuro onde Fergie está sozinha.

BEP MEDLEY: Contou com as musicas My Humps, Rock That Body, Don’t Stop The Party, Party All The Time e cantou também A Little Party Ain’t never Killed Nobody.

LONDON BRIDGE: Muito aguardada pelos fãs, a nova versão de London Bridge foi emendada com Imma Be, sucesso do BEP em 2010.

HEY MAMA: Foi cantada também emendada com Hey Mama de David Guetta e Nicki Minaj.

ALL OF THE LIGHTS: Fergie canta sua parte na música de Kanye West, musica essa que lhe rendeu 2 Grammys.

BEP MEDLEY 2: Contou com Boom Boom Pow (onde Fegie substituiu o trecho com will.i.am  por “Rock In Rio drops the beat now”. Don’t Phunk With My Heart, Meet Me Halfway, Pump It, The Time e Getting Over You.

BIG GIRLS DON’T CRY: muito aguardada pelo publico em geral, Big Gilrs Don't Cry com certeza é o maior sucesso da carreira da Fergie e foi cantada em peso por todo o publico do Rock In Rio.


I GOTTA FEELING: Para encerrar, Fergie escolheu o hino das baladas do Black Eyed Peas e anunciou que chamaria ao palco alguns fãs para dançarem com ela, o que não aconteceu e a deixou bem confusa, já que nenhum fã estava no backstage esperando, apenas nosso amigo André Ferreira do FergieFashion que já estava assistindo o show do backstage  além de ter ajudado a produção, como uma espécie de roadie -pisa menos- Fergie foi pessoalmente chamá-lo para ir com ela dançar e foi ele quem a ajudou a estender a bandeira do Brasil ao fim do show.

Com certeza um show para ficar na história do Rock In Rio e da prória Fergie, que em conversa com os fãs, revelou que o RIR seria o grande inicio de sua nova era. Fergie foi destaque em inúmeras publicações, principalmente pela presença de Pabllo Vittar, a estrela pop em maior ascensão na musica brasileira no momento

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.