Hey, psiu! Nossa página no facebook mudou, clique aqui para curtir a nova.

will.i.am confirma retorno do Black Eyed Peas para 2017 em entrevista



A edição de dezembro da revista #LEGEND (leia Hashtag Legend) tem como capa o nosso will.i.am! A publicação, que é famosa pelo seu conteúdo de alta qualidade e entrevistas com artistas do mundo musical, dedica várias páginas ao líder do Black Eyed Peas.

O artigo começa falando do fato da música Reach For The Stars ter sido reproduzida em Marte, no ano de 2012 e enaltece o legado construído pelo Black Eyed Peas ao longo dos anos. Mas o principal assunto abordado é sobre seus projetos na área de tecnologia, através da marca i.am+. Recentemente, will.i.am lançou um fone de ouvido Bluetooth com formato de botões.

Além disso, o texto fala sobre o lado humilde do artista e sobre como ele se tornou famoso sem perder as origens de quem é atualmente. Ele mantém várias fundações que ajudam pessoas que moram no distrito onde viveu. 

Confira a entrevista completa dada à publicação:


Você é muito ligado à sua mãe. Qual é a coisa mais importante que ela já te ensinou na vida?

Minha mãe me ensinou a transformar estranhos em amigos e amigos em família.

Como ela deu o sucesso da sua vida hoje?

Minha mãe me ensinou a nunca deixar o sucesso me definir, para continuar sendo sempre a mesma pessoa.

Não é surpresa que você é um grande amante da tecnologia, mas se existe algo irritante nela, o que seria?

A coisa irritante sobre tecnologia é que às vezes as pessoas não sabem como se desligar dela. É rude. Existe hoje uma situação desagradável que a tecnologia causou. Por exemplo, nós não levamos em consideração as pessoas quando tiramos uma selfie. As selfies fazem as pessoas serem mais egoístas com o tempo e o espaço. Elas fazem com que sejamos rude com os outros. 

Qual o impacto que você quis que o Buttons (novo fone de ouvido) causasse no mercado tecnológico?

Para o Buttons, nós queríamos trazer pro mercado os fones com tecnologia Bluetooth, mas com uma perspectiva diferente. Projetamos ele da maneira que as pessoas fazem vidros, cachecóis e jóias. Percebemos que, mesmo não os usando, eu ainda posso colocá-los em volta do meu pescoço e ele ainda parecer interessante e bonito. Nós queríamos ter certeza que ele junta moda e tecnologia para termos pessoas como André Leon Talley da Vogue como parte da companhia, além de Naomi Campbell e Kendall Jenner validando o seu senso fashion ao lado de nossos designers ao redor do mundo.

O que fez você decidir por trazer Kendall Jenner, Naomi Campbell e André Leon Talley para a companhia?

Sunglasses by ill.i, earphones by i.am+Nós estamos tão orgulhosos de termos Kendall, Naomi e André como parte da companhia porque eu era parte da Beats e o sucesso veio quando eu comecei na companhia, eu queria ter certeza que eu tenho outras pessoas que possam compartilhar idéias e que possam consultar e ajudar a fazer repercussão. Nós estamos muito orgulhosos por tê-los como parte disso.

O que cada personalidade vai representar na marca Buttons pra você?
Naomi é a rainha da moda, o imperador da edição de moda é André Leon Talley e a princesa da moda e empreendedora feminina é Kendall Jenner. E eu sou esse sonhador, nessa indústria de emoções. Eu realmente sonhei com essa combinação em Hong Kong. Nessa época ano passado, eu acordei e liguei pra Naomi e disse "Ei Naomi, eu queria que você fizesse parte da minha companhia", e ela disse "eu adoraria".

Você disse o quanto quis que os produtos que você vende ganhasse um pouco de fuga, como uma revista. Qual a melhor fuga pra você?

A melhor fuga pra mim como um visionário e sonhador é sonhar novos sonhos. Sonhos são a minha fuga. Eu quero resolver problemas ou sonhar novas coisas.
Earphones by i.am+
O que a sua função como técnico no The Voice UK te mostrou sobre o futuro da música?

Eu vi um pouco de tecnologia hoje. Algumas pessoas chegam e me mostram instrumentos tecnológicos que compõem músicas. Eu falo "lalala" e crio música baseado no meu "lalala". Eu acho que o futuro da música vai mudar drasticamente com a inteligência artificial.

Qual a sua impressão sobre a Ásia/China nas vezes que visitou?

Eu viajo muito. Você já ouviu falar na Silk Road (site famoso de mercado negro)? Na história, todo mundo está tentando ir pro leste por causa do comércio. Eu acho que lá é o novo Silk Road. Atualmente, Silk Road é tecnologia e nós nunca consideramos a China como nós consideramos culturalmente hoje. Nós não celebramos mais a China globalmente. Nos filmes, todo mundo que trabalha é reconhecido. Na música, todo mundo é reconhecido. Eu quero ser um desses caras que reconheça todos os nossos produtos avançando sobre as pessoas


Como foi trabalhar com seus companheiros do Black Eyed Peas, juntamente com uma série de outros artistas para o remake de #wheresthelove?

É uma daquelas coisas que é realmente necessária no mundo no momento, especialmente com tudo o que está acontecendo, com toda a separação, medo e incerteza sobre para onde estamos indo globalmente. Todos devem estar tentando tolerar as diferenças e compreensão; A educação é muito mais importante agora. Todo mundo precisa ser um grande cidadão global. 


Isto fez você se reanimar a se reunir com seus companheiros de banda? Há uma esperança de um reencontro?


Sim, nós estamos trabalhando num novo Black Eyed Peas no momento. Você pode esperar uma grande tecnologia aplicada ao nosso retorno, uma tecnologia que será infundida ao que estamos fazendo artisticamente.


Confira o photoshoot completo abaixo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.